Acopladores de Rede I/O

Controladores lógicos programáveis com comunicação via Ethernet/IP

Acoplador Profibus-DP – 750-333

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador DeviceNet 750-306

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador Ethernet/IP e Modbus – 750-352

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador PROFINET – 750-370

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador EtherCAT – 750-354

O acoplador Fieldbus EtherCAT 750-354 conecta EtherCAT ao sistema modular WAGO-I / O-SYSTEM.
O acoplador fieldbus configura automaticamente, criando uma imagem de processo local que pode incluir módulos analógicos, digitais ou especiais. Os dados do módulo analógico e especializado são enviados através de palavras e / ou bytes; Os dados digitais são enviados bit a bit.
A interface EtherCAT superior conecta o acoplador à rede. O soquete RJ-45 menor conecta dispositivos EtherCAT adicionais à mesma linha.
EtherCAT® (Ethernet Control Automation Technology) é uma solução ETHERNET em tempo real projetada para aplicações de automação industrial e caracterizada por alto desempenho, topologia flexível e configuração simples. Com o EtherCAT®, a onerosa topografia ETHERNET pode ser substituída por uma simples linha ou estrutura de árvore.

Acoplador Fieldbus PROFINET – 750-375

O acoplador de barramento de campo 750-375 conecta o WAGO-I / O-SYSTEM 750 ao PROFINET IO (padrão de automação industrial ETHERNET aberto e em tempo real). O acoplador identifica os módulos de E / S conectados e cria imagens de processos locais para no máximo dois controladores de E / S e um supervisor de E / S de acordo com as configurações predefinidas. As imagens do processo podem incluir um arranjo misto de módulos analógicos, digitais ou especializados. Dados de módulos analógicos e especializados são enviados através de palavras e / ou bytes; os dados digitais são enviados pouco a pouco.

O acoplador de barramento de campo opera como um dispositivo IO na rede. Ele possui um comutador de 2 portas integrado, simplificando a criação de uma estrutura de linha sem componentes de rede adicionais.

O nome do dispositivo pode ser atribuído através do protocolo DCP ou configurado através do interruptor DIP.

Acoplador Fieldbus PROFINET – 750-377

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador de Rede ETHERNET MODBUS/TCP 750-362 4º Geração

Acoplador de Rede interage com os módulos de I/O´s da WAGO – I/O-SYSTEM para PROFIBUS – DP.

Ao inicializar, o acoplador determina a estrutura do módulo do nó, para criar a imagem do processo no PROFIBUS. Para otimizar endereços, os módulos de E / S com uma largura de bit menor que 8 são agrupados em um byte. Além disso, é possível adicionar módulos de E / S desativados e modificar a imagem do nó de acordo com os sinais conectados sem ter que modificar a aplicação existente.

O conceito de diagnóstico baseia-se em diagnósticos de acordo com o padrão EN 50170. Portanto, a programação de módulos não é necessária para interpretar as informações de diagnóstico de cada fabricante.

Acoplador de Rede ETHERNET/IP 750-363 4º Geração

 

O acoplador de rede ETHERNET/IP 750-363 conecta ao sistema modular WAGO-I / O-SYSTEM a  sistemas em EtherNet/IP.
O acoplador fieldbus configura automaticamente, criando uma imagem de processo local que pode incluir módulos analógicos, digitais ou especiais. Os dados do módulo analógico e especiais são enviados através de palavras e / ou bytes; Os dados digitais são enviados bit a bit.
Duas portas RJ45 – ETHERNET e uma chave integrada permitem que o acoplador seja conectado em uma topologia de linha. Isso elimina dispositivos de rede adicionais, como switches ou hubs. Ambas as interfaces suportam Auto-Negociação e Auto-MDI (X).
O interruptor DIP configura o último byte do endereço IP e pode ser usado para atribuição de endereço IP (DHCP, BootP, estático).
O acoplador é projetado para comunicação fieldbus em redes Ethernet/IP. Ele também suporta uma grande variedade de protocolos ETHERNET padrão (por exemplo, HTTP, BootP, DHCP, DNS, SNMP, FTP).
Um servidor Web integrado fornece informações de configuração e status ao acoplador, inclusice fornecendo as Instancias e o Tamanho das palavras.